pets, pet supplies
pets, pet supplies

       Inicio         Casos clinicos         Cães       Gatos         Prevenir        Emergências Médicas             Saúde              Contactos            Horário 

pets, pet supplies
 

 

pets, pet supplies

Sida Felina

pets, pet supplies
pets, pet supplies
Descoberto em 1983 por Nils Pedersen na California o FIV é uma das principais causas de morte de gatos no nosso país. Como o nome indica, diminui drasticamente as defesas do animal tornando-o mais susceptível a doenças. A sida felina é exclusiva dos gatos, não se transmitindo a outros animais ou humanos ( zoonose). Não se encontra somente limitado aos gatos domésticos, atingindo também outras espécies de felinos.Note-se que o virus de imunodeficiência do gato domestico é diferente do virus de imunodeficiência dos outros felinos.90% dos Leões do serengeti têm uma forma de FIV.

O principal meio de transmissão  dá-se através de dentadas, através de feridas, e não por contacto sexual como no caso do HIV humano, no entanto, embora ainda não esteja provada a transmissão directa  por relações sexuais, não se encontra totalmente  colocada de parte .

Note-se  que é normal o gato morder a gata durante o coito e como tal a transmissão embora não se efectue por via sexual é consequência directa da mesma. Outras fontes de infecção são através de transfusão de sangue, da mãe para o filhote, caso ela se infecte durante a gestação, e através da amamentação. 

Os animais mais susceptíveis são os machos inteiros (não castrados) e gatos de vida livre ou domésticos que têm acesso a rua, pois a transmissão por dentada pode ocorrer durante as lutas  territoriais..Os gatos nas suas lutas podem morder-se e infectarem-se, mesmo  em casa as brincadeiras tendo por motivo a dominância de um gato ou outro podem levar à transmissão. Por essa razão deve-se ter cuidado e se possivel separar os gatos infectados dos saudáveis.Gatos que vivem em ambientes com muitos animais, com introdução frequente de gatos novos, também estão especialmente  expostos.

 De igual forma o stress causado pelas lutas e alterações de ambiente são responsáveis por  enfraquecimento do sistema imunitário.Não devem estar em grande número em espaços reduzidos por essa razão, os gatos são animais que precisam de um território e em alguns casos compartilhar o mesmo pode conduzir a graves problemas de comportamento e mesmo de saúde em termos fisicos.

O vírus infecta principalmente  células de defesa (linfócitos), destruindo-as lenta e gradualmente. O animal passa várias fases  de doença até chegar  a uma imunosupressão. Isto demora anos, e uma das características da doença é o longo período de latência, ou seja, o animal infectado não apresenta nenhum sintoma durante anos (portador assintomático).

Diagnóstico

Como suspeitar que o gato está infectado? Não existe um sintoma específico, o que vai chamar a atenção são sintomas de baixa imunidade. Animal que apresenta infecções frequentes, ou recorrentes, doenças incomuns, perda de peso, febre de origem desconhecida, são prováveis seropositivos. Pode também apresentar anemia e alguns tipos de tumor.O diagnóstico é feito através de exame em centro médico veterinário para confirmar a presença de anticorpos contra o FIV na corrente sanguínea.   

 Existe uma  vacina  disponível a nível internacional  que se encontra em fase de testes mas a sua eficácia não é de 100% e ainda se encontra no inicio de sua distribuição.

Tratamento

Deve ser indicado pelo seu  médico veterinário com medicação que se destine a combater infecções oportunistas e a aumentar a capacidade imunitária do animal.Cada caso tem as suas particularidades e deve segui as indicaç~eos do seu médico assistente.O facto de o gato ter a dita sida felina não é motivo para abate, somente  de cuidados redobrados  a lidar com outros gatos e com a evolução do seu estado. 

 

pets, pet supplies
 
pets, pet supplies